O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Inscrição com 20% de desconto para a Jornada de Liderança
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






28/08/2006
RH » Carreira » Artigo Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Como ser bem-sucedido no trabalho

Por Luiz Moreira para o RH.com.br

Muitos profissionais desejam progredir na carreira de forma meteórica, mas a realidade é bem outra. Progredir na vida profissional requer tempo e uma grande capacidade de observar seu posicionamento dentro e fora da organização. Algumas atitudes são essenciais para isso. E o profissional de RH deve estar atento a elas, pois sua ajuda será decisiva para o sucesso profissional dos colaboradores de uma organização. Vejamos quais são.

1 - Identifique e trabalhe seus pontos fortes e fracos
A primeira questão e talvez a mais importante é que você precisa conhecer seus pontos fortes e fracos e compará-los com as necessidades exigidas para a nova posição que deseje ocupar. Por exemplo, se você é um bom supervisor de área, mas deseja chegar ao cargo de gerente, deve, então, trabalhar suas habilidades para que seu perfil profissional aproxime-se o máximo possível do perfil necessário para o cargo de gerente. Caso o seu objetivo seja somente aprimorar-se na posição que ocupa atualmente, da mesma forma será necessário detectar seus pontos fortes e fracos e melhorá-los, para que possa atingir o máximo desempenho.

2 - Melhore suas condições para exercer um trabalho altamente produtivo
Saia um pouco da rotina, pense diferente! Sair da rotina e pensar diferente não implica em você arrumar problemas no seu ambiente de trabalho, mas isso não significa que você deva ficar congelado no tempo. Use o bom senso e comece a fazer mudanças, mesmo que sutis. Comece com suas rotinas básicas. Observe o seu trabalho e imagine outra forma de executá-lo. Caso seu trabalho seja composto de muitas tarefas, observe cada uma delas separadamente e veja o que pode ser melhorado em cada uma delas. Se em um certo momento do dia você precisa arquivar documentos, verifique se a forma como você os arquiva é realmente a mais eficiente. São perguntas simples que fornecerão respostas e que certamente resultarão em ganho de produtividade.

3 - Seja parceiro dos outros colaboradores da organização
Se você parar para pensar, quase tudo é uma questão de trocas. Você oferece seu trabalho para a empresa e recebe em troca o salário. Você ajuda um colega a executar uma tarefa, para que possa obter ajuda quando precisar. Vale a pena valorizar devidamente essas trocas através de parcerias com os outros colaboradores da organização. Ninguém vai muito longe sozinho no mundo profissional, cada vez mais precisamos das pessoas ao nosso redor para concluir projetos ou simplesmente para sair do anonimato profissional. Se você ficar isolado, suas oportunidades serão reduzidas a patamares mínimos. Por esse motivo, é mais interessante ser ativo em relação aos demais colaboradores da empresa e ser parceiro deles, colaborando e buscando ajuda sempre que necessário.

Sabe aquele colega que está abarrotado de serviço? Ofereça ajuda para ele. Sabe aquele novo colega que está tendo dificuldades para desempenhar sua função? Ajude-o, transmita confiança para ele. Vocês são um "Time de Trabalho" e todos têm a ganhar quando trabalham como parceiros.

4 - Contribua para um bom ambiente de trabalho
Nada melhor do que um ambiente de trabalho em que todos estão sorrindo, pois isso influencia muito nosso desempenho profissional. Mas o que podemos fazer para melhorar o ambiente de trabalho? Lembre-se de dar "Bom dia!" para as pessoas, cumprimentá-las no seu aniversário e sorria sempre. As pessoas mais admiradas no ambiente de trabalho são aquelas que, mesmo diante de problemas, continuam a sorrir. Se você que tem um cargo de chefia, evite pressões desnecessárias sobre a equipe. Quando precisar chamar a atenção de alguém, faça-o em particular. Quando for elogiar, faça-o abertamente para que todos vejam.

5 - Espere o momento certo para agir
Cada profissional tem o seu próprio ritmo de desenvolvimento. Para uns o desenvolvimento vem rápido e para outros demora um pouco mais. Em muitas organizações, a cultura da empresa privilegia uma evolução constante, mas sem mudanças radicais em processos. Isso pode parecer frustrante para alguns e oportuno para outros. Para os frustrados, fica a sensação de que seu potencial não está sendo aproveitado pela empresa. Para os oportunistas, a combinação de empresa conservadora com seus talentos para desenvolvimento rápido pode significar que, no momento em que a organização precise realmente de uma mudança (e certamente precisará), eles já estarão preparados e provavelmente terão projetos guardados na manga.

Para o colaborador, pode ser muito difícil trilhar esse caminho, especialmente porque seu tempo e energia já estão empregados na condução do trabalho diário e da vida pessoal. Nesse ponto torna-se decisiva a intervenção do profissional de RH, pois ele poderá realizar uma avaliação profissional com o colaborador e indicar os caminhos que ele deve seguir para atingir cada um dos objetivos acima. Fique certo de que a vitória dele também será uma vitória para você.

Palavras-chave: | carreira | sucesso |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (1)
erica em 31/07/2009:
super interessante este texto, é bastante motivador. Obrigada, e Parabéns pelo talento com as palavras

 
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Programa de Autodesenvolvimento

3ª Jornada Virtual de Recursos Humanos



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.