O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Participe do 8º Congresso de RH pela Internet.
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






14/11/2005
RH » Comunicação » Coluna ABTD Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

O poder da comunicação

Por ABTD para o RH.com.br

* Por Danilo de Vasconcelos Diogo da Silva

Podemos observar ainda hoje inúmeras empresas que só "interagem" com seus funcionários através daqueles famosos avisos pregados na parede, brindes com o seu logotipo no final do ano e advertências por escrito. Se o empregado faz algo de errado, lá vai um aviso pregado na parede para todos lerem, ou então vamos logo para aquele script das advertências. Se o empregado faz algo muito bem feito, quando é notado por alguém no máximo podemos observar um breve, tímido e apático "Obrigado". Com toda essa política de "comunicação interna", os gerentes ainda esperam que todos os empregados cheguem todo dia, ao trabalho, dando o máximo de si para que haja uma produção máxima. Mas, onde está a motivação para trabalhar tanto?

Devemos mudar esta política de comunicação interna das empresas. Temos que criar um ambiente de trabalho onde há mais interação pessoal. Com essa preocupação, além de estabelecer uma organização mais humana e pessoal, ainda haverá um aumento expressivo nos lucros!!! Vamos resgatar a palavra motivação para explicar o nosso raciocínio. Primeiro, pense no simples exemplo: você está mais disposto a fazer algo que seu amigo pede ou algo que o seu chefe solicita? Acho que a maioria de nós podemos dizer que estaremos mais dispostos a fazer algo que um amigo nosso pede.

A motivação que há para fazermos uma atividade para o nosso amigo é porque ele também nos ajuda, nos escuta, não nos ignora e faz parte da nossa vida. Agora, a motivação entendida pelas empresas está feita quando ela paga o salário dos funcionários. Mas na realidade, o fato que já é comprovado por inúmeras pesquisas da comunidade internacional de RH é que o salário irá motivar os funcionários a trabalharem somente para não haver demissão, ou seja, a produtividade vai ser a mínima possível. A exceção desta regra ocorre quando o salário é relativamente alto, ou quando há reais chances dos funcionários serem promovidos.

Então, vamos ver como podemos viabilizar que um gerente seja também amigo de seus funcionários. As dicas são realmente simples:

* Saiba o nome de cada funcionário e sempre use o seu nome quando for se referir a ele.
* Conheça bem os seus funcionários. Sempre que tiver tempo, fique conversando com eles. Se você for uma pessoa muito ocupada separe obrigatoriamente no mínimo 30 minutos do seu dia para conversar com ao menos duas pessoas. Você irá conhecer em detalhes os pontos fortes e fracos de cada um para: delegar as tarefas, promover alguém, formar equipes e acompanhar o progresso individual.
* Nunca faça a pergunta "O que você está fazendo?", use "Como você está?". Assim você saberá como vão as tarefas que estão para serem realizadas e se a pessoa está se sentindo bem no trabalho. Se houver um problema, tente resolver, pois aquele funcionário não vai estar tão produtivo.
* Sempre se comunique com os funcionários pessoalmente. Você poderá saber que todos foram avisados, que o comunicado ficou bem claro para todos e que há importância na mensagem.
* Se um funcionário fizer algo muito bem feito diga um "Muito obrigado" com sinceridade. Faça isso várias vezes, mas somente quando algo realmente bom aconteceu.
* Se algo aconteceu de negativo, nunca faça uma advertência na frente dos outros funcionários. Vá até uma sala reservada e converse explicando o problema, escute as explicações e dê sugestões construtivas. Assim você não humilha ninguém, verifica a origem do problema e ajuda a solucionar o problema.
* Tente marcar reuniões com todos da empresa reunidos. Use essas reuniões para conhecer o clima da sua empresa, os principais desafios, para mostrar as principais conquistas realizadas e deixe alguns minutos para todos conversarem livremente, pois esta é uma boa oportunidade para os profissionais se conhecerem melhor, além de criar um sentido de equipe mais forte.

Seguindo estas dicas, a sua empresa certamente irá melhorar. Demonstrando esta ênfase em comunicação pessoal com seus funcionários, eles irão estar mais tranqüilos e relaxados. Conseqüentemente, a produtividade de sua empresa irá aumentar, haverá menos chances de demissões voluntárias (reduzindo custos de seleção e treinamento) e cada funcionário irá trabalhar mais, pois estará ajudando quem lhe ajuda e lhe dar valor. Quando houver mais comunicação interpessoal, seus funcionários estarão mais motivados a ser um membro de sua equipe e isso é notado até pelos seus clientes que irão achar prazeroso voltar à sua empresa.

Palavras-chave: | Danilo de Vasconcelos Diogo da Silva | comunicação interpessoal |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (1)
RODRIGO DA SILVA NASCIMENTO em 30/04/2009:
A equipe RH está de parabéns!!! Este site é otimo, aprendi muitas coisas com ele sobre motivação, liderança, gestão entre outros... Parabéns Patricia Bispo pela suas publicações. Obrigado e Um abraço para todos que fazem a equipe RH!!!

 
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Seminários RH.com.br

8º ConviRH



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.