O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Inscreva-se para a 2ª turma da Jornada de Liderança.
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






04/12/2001
RH » Desenvolvimento » Artigo Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Gestão de talentos: saiba como aproveitá-la

Por Alberto Carlos Paschoaletto para o RH.com.br

O procedimento seletivo na empresa moderna, com predominância do modelo de gestão participativa, deve ter como premissa maior, a gestão de talentos. Afinal, visa a maximização do desempenho humano, através de um modelo "participativo" de gestão estratégica de pessoas.

Criado para detectar talentos no procedimento admissional, pode também aumentar o grau de comprometimento dos novos empregados e minimizar os riscos de admissões de padrões incompatíveis ao institucional da empresa.

Sustentado na tríade do Sucesso Empresarial (Engajamento/Alinhamento/Avaliação), a seleção de talentos tem como objetivo, dar parâmetros ao talento dos novos empregados da empresa, fornecendo mão-de-obra capacitada, compatível com o foco empresarial:
* Foco no Cliente Pessoas que gostam de gente (Talento principal)
* Foco no Produto Pessoas que gostam de processos (Talento principal)
* Foco na Produção Pessoas que gostam de coisas (Talento principal)

Neste modelo, as empresas buscam a correta administração do seu Recursos Humanos. Todos são envolvidos de forma a contribuir com as suas competências (Habilidades) adquiridas em toda a trajetória da carreira e da experiência de vida. Neste momento, as Habilidades são o foco principal, principalmente aquelas chamadas "Transferíveis". Neste modelo, as competências não são integrantes de uma grade curricular. Portanto, o cenário competitivo torna-se Holístico (Universal). Existem atualmente grande contingência de empresas aderindo ao sistema de Gestão do Talento. Faz parte da estratégia de Administração do Recursos Humanos, o desenvolvimento dos colaboradores (diretos/indiretos) envolvidos no processo “Estratégico e Operacional” da empresa.

Desta forma, as organizações demandam por uma necessidade de aprimoramento na comunicação (institucional ou corporativa), com ferramentas que garantam um processo eficiente e a boa gestão estratégica de pessoas (Eliminação dos ruídos da comunicação).

Existem estilos de gestão, alguns mais participativos e outros mais autoritários. Ocorre que num planejamento estratégico (formal ou informal) o envolvimento das pessoas (colaboradores) no nível de suas responsabilidades, torna-se a premissa maior do assunto. Portanto, a comunicação eficiente é aquela que envolve as pessoas (colaboradores), no referido planejamento, conforme abaixo:
* Visão: O que eu (empresa) busco, qual o norte (objetivo)?
* Missão: Como eu (empresa) operaciono os processos, para chegar ao norte?
* Posicionamento: Como eu (empresa) posiciono-me em razão dos fatores ambientais?
Cenários/Tendências - Macro e Micro (economia/ambiente)
* Negócio: Qual é o meu produto que os meus clientes compram? Quem são meus Clientes?

A comunicação eficiente é aquela que está direcionada para os focos estratégicos, envolvem as pessoas e normalmente temos as seguintes ferramentas gerenciais:
* Gestão dos ciclos PDCA (Planejar/ Desenvolver/ Capacitar / Avaliar)

Nestes níveis, a ARH passa a ser um órgão vivo dentro da organização e catalisa todas as informações estratégicas, onde processa nos seguintes moldes:
* Engajamento
* Alinhamento
* Avaliação

As ferramentas deste processo, podem ser:
* Jornais internos (mídia impressa ou mídia de intranet)
* Murais e Mosaicos
* Murais de críticas e sugestões
* Criação de Comissões (Legais e Pró-ativas: CIPA/ Lazer e Cultura/Ombudsman)
* OVCI - (Questionários de avaliações de clima organizacional)

O assunto Gestão de Talento ganha novas fronteiras, pois o homem começa a viver o encurtamento dos ciclos de vida, seja ela organizacional ou de produção (Representado pela Curva S). Mister o desenvolvimento de uma consciência para os princípios éticos e morais, eu diria ser a causa primária de todo desenvolvimento de nossa mão-de-obra. Politicamente, o poder (power-empowerment) numa democracia é distribuído em mão-dupla (Liderança e liderados) e integram harmoniosamente. Desta forma, é necessário que a comunicação estabeleça um elo entre Institucional e Corporativo, entre Estratégico e Operacional. Afinal, a alta administração passa a ser responsável pelo engajamento e descentralização do poder.

Trata-se de um processo sistêmico de transferência do poder, com responsabilidade. Todos os membros da organização são chamados para representar um "imput" da comunicação na organização.

Na prática, a Gestão de Talentos é aquela que pressupõe uma boa comunicação (Externa/Interna) é aquela que não sofre com os "ruidos".

Busque sempre aceitar com doçura as críticas que surgirem no seu caminho, vamos encarar a grande verdade: "Somos falíveis. Errar é uma resultante do dinamismo humano e do processo de evolução".Vamos conviver e promover em nossos relacionamentos uma troca constante de experiências. Afina, em Gestão do Talento a capacidade de integração na nova organização é condicionada pelo meio e você faz parte disto!

Palavras-chave: | gestão | comunicação |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (1)
Djalma Moraes em 11/10/2010:
Parabéns, pelo artigo. Acredito que para a moderna Gestão de Talentos, será preciso alinhar as várias correntes culturais das empresas, identificando em cada uma delas, quais os valores mais fortes que estão presentes, para se minimizar os possíveis conflitos, juntando a experiência da Geração Baby Boomer com a pró atividade da Geração Y, criando entre ambos o prazer de trabahar em Cooperação. Gerando assim, ganhos excelentes com as trocas que serão realizadas.

 
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Programa de Autodesenvolvimento

3ª Jornada Virtual de Recursos Humanos



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.