O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






04/02/2015
RH » Desenvolvimento » Matéria Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

O lúdico agrega diferenciais expressivos aos treinamentos

Por Patrícia Bispo para o RH.com.br

O cenário da inovação tem estimulado as organizações a se desafiarem dia a dia e isso inclui a forma de gerir os times. Cada vez mais, observa-se o número crescente de organizações que além dos treinamentos convencionais também optam por outros recursos de desenvolvimentos de talentos. Essa constatação materializa-se através de recursos como a EAD - Educação à Distância, conhecida ainda como e-learning e dos treinamentos inusitados.

Uma empresa que optou por investir na linha dos treinamentos pouco convencionais foi a Kinross Brasil Mineração - uma das três principais produtoras de ouro do Brasil, localizada no Estado de Minas Gerais -, desde 2012, a área de Recursos Humanos tem inovado na forma de treinar e desenvolver seus colaboradores, através da utilização de jogos, teatro, dinâmicas e atividades práticas e interativas.

Segundo Marcos Cangussu, diretor de Recursos Humanos da Kinross, a aplicação de dinâmicas lúdicas ocupa um espaço cada vez maior nas atividades de desenvolvimento da companhia. "Estamos passando por um cenário de inovação e precisamos tornar nossos treinamentos mais marcantes, produtivos e que despertem o interesse dos nossos empregados. Desta forma, buscamos constantemente o uso de ferramentas lúdicas e interativas que promovam um ambiente de melhoria contínua", argumenta.

É fundamental destacar que todos os níveis da organização participam dos treinamentos lúdicos, porém as ações tiveram maior intensidade no Programa de Desenvolvimento de Supervisores. Recentemente, a empresa promoveu o treinamento do Código de Conduta e Ética e criou um desafio: enquanto as equipes acertavam as perguntas um peão ia subindo e em paralelo um termômetro media a evolução da turma. Essa forma foi muito elogiada por todos os participantes que perceberam as atividades mais interativas, motivadoras e com maior engajamento no treinamento.

Treinamento Lúdio da KinrossNo Programa de Desenvolvimento de Supervisores foram destacadas as seguintes ações:
- A Kinross trabalhou os valores organizacionais com o grupo de Teatro Grupontapé, que se caracterizou e colocou em prática diversas situações do cotidiano.
- A competência Tomada de Decisão foi desenvolvida através de um treinamento ao ar livre em um hotel fazenda. O dia foi dedicado à realização de atividades práticas, que contou com o apoio da consultoria EA Treinamentos - Equipes em Ação.
- Já o módulo Negociação foi desenvolvido por uma especialista em teatro que trouxe para o dia a dia situações lúdicas e práticas.
- O módulo de Trabalho em Equipe e Engajamento foi conduzido em parceria com a ALD Consultoria - Cozinha Corporativa.

"Para a liderança sênior, utilizamos em nosso Kick Off Meeting (alinhamentos das metas estratégicas da companhia) programas distintos nos últimos dois anos. Ou seja: o Ouro dos Reis do Deserto: direcionado para desenvolver a capacidade de planejamento e a maximização dos resultados. Neste jogo as equipes competem entre si para garimpar o máximo de pepitas de ouro e transformá-las em dinheiro, em uma trajetória repleta de obstáculos e sujeita às mais imprevisíveis intempéries. O outro modelo foi o Jogo Egito com os seguintes objetivos: alinhar as metas individuais e os objetivos comuns, flexibilizar a utilização de recursos tangíveis e intangíveis, incentivar o relacionamento, comunicar e integrar a equipe, executar com eficiência e produtividade, energizar para superar desafios e comemorar", detalha Marcos Cangussu, ao acrescentar que para 2015 a companhia utilizará atividades lúdicas em no programa de integração de novos colaboradores, programas de saúde e segurança, dentre outros.

Parcerias - Para realizar esses trabalhos pouco convencionais, a KinrossBrasil Mineração decidiu firmar parcerias com consultorias externas. O diretor de RH diz que a companha sempre abraçou diferentes parceiros e que a identificação das consultorias vai depender da competência a ser desenvolvida. Isso porque a organização sempre buscou empresas com boa referência no mercado, que apresente soluções criativas, práticas, prazerosas, que estimulem efetivamente a participação das pessoas e facilite a assimilação dos conceitos e conhecimentos que pretendemos disseminar.

Os treinamnetos inusitados da Kinross acontecem em horário de trabalhoConhecimentos - Ao ser indagado sobre as vantagens geradas pelos treinamentos lúdicos, Marcos Cangussu responde que a empresa sempre busca adquirir ou atualizar os conhecimentos através de ações e atividades que despertem o interesse das pessoas. "Podemos criar ‘brincadeiras' sérias que nos permitiam obter resultados tão satisfatórios quanto os treinamentos tradicionais, que contribuem para a fixação do conteúdo e que torna a atividade mais divertida, interativa e prazerosa. O próprio ambiente do treinamento torna-se mais leve, favorecendo a relação entre as hierarquias, eliminando as barreiras entre os participantes. Fica mais fácil compartilhar as informações e levantar questionamentos sobre os diversos assuntos e temas", reconhece o executivo.

Barreiras às Mudanças - Quando perguntado ser inicialmente os profissionais da Kinross apresentaram resistência aos treinamentos que fogem do convencional, Marcos Cangussu assinala que sempre que a companhia propõe alguma ação lúdica, ela pensa em algo que possa atender os diferentes públicos. O desafio, no entanto, é trazer algo que seja prático, criativo, que possa diverti as pessoas enquanto são abordados assuntos sérios, sem perder o foco no objetivo com relação ao treinamento. "Na Kinross não tivemos resistência, mas é desafiador. Temos grupos que possuem processos de interação diferenciados, como o caso do trabalho conduzido com a ALD Consultoria", reforça, ao acrescentar que os colaboradores sempre recebem bem as iniciativas, fato que aumenta a responsabilidade da área de RH, pois sempre tem que pensar em propor situações inovadoras e que mantenham o alto nível de interesse dos participantes.

Os Líderes - As lideranças da Kinross Brasil Mineração também são personagens de destaque no contexto dos treinamentos inusitados. Isso porque, constantemente os líderes apoiam as iniciativas e compartilham soluções. Apenas para se ter uma ideia do valor dado à área de Treinamento & Desenvolvimento, a empresa investe de forma consistente no desenvolvimento dos seus funcionários. Em 2014, por exemplo, foram realizados investimentos na ordem de um milhão e quinhentos mil reais e sempre com o apoio da alta liderança.

O diretor de Recursos Humanos da Kinross relembra que os estudiosos afirmam que, geralmente guardamos 10% do que lemos, 20% do que ouvimos, 30% do que vemos, 50% do que vemos e ouvimos, 70% do que praticamos e 90% do que ensinamos. "Sendo assim os colaboradores tornam-se mais conscientes, entendendo e discutindo sobre os diferentes assuntos, proporcionando mudanças de comportamento no ambiente de trabalho. O treinamento do Código de Conduta e Ética foi um excelente exemplo de como as questões abordadas no treinamento apareceram no dia a dia das pessoas, levantando dúvidas sobre questões que antes passavam despercebidas, como o recebimento de um simples brinde por parte de um fornecedor ou parceiro", diz, ao citar que depois que as ações lúdicas foram adotadas, o ambiente de treinamento tornou-se agradável, divertido, memorável e transformador. Isso, por sua vez, tem facilitado o processo de aprendizagem e de fixação do conteúdo, além de contribui com mudanças de comportamento e o amadurecimento das competências, elevando o comprometimento e envolvimento dos profissionais.

Trabalho em Equipe e Engajamento - O Módulo Trabalho em Equipe e Engajamento do Programa de Desenvolvimento de Supervisores da Kinross Brasil Mineração foi todo conduzido pelo consultor André Luiz Dametto, da ALD Consultoria e pela chef executiva Andressa Cabral, do Rio de Janeiro. Na Kinross, por exemplo, foram feitas duas experiências lúdicas de desenvolvimento da competência Trabalho em Equipe. Após o alinhamento dos pilares de uma equipe de alto desempenho, os participantes praticaram as teorias no almoço, que foi preparado pelos próprios supervisores. As receitas de entrada, prato principal e sobremesa remeteram ao ouro, desde os ingredientes até a apresentação do almoço. A experiência o trabalho foi facilitada pela chef de cozinha Andressa, que tinha o papel de mentora dos supervisores durante o desafio.

"Na matemática tradicional um mais um é igual a dois. Mas em se tratando da união de talentos em uma equipe, ou de ingredientes na preparação de um prato, um mais um pode ser menor ou maior que dois, dependendo da capacidade de integração dos elementos do conjunto. Assim como no ambiente corporativo, os restaurantes são um universo onde a eficiência e criatividade podem gerar resultados surpreendentes", explica Andressa Cabral.

Na opinião de André Dametto, no caso dos treinamentos lúdicos, é fundamental que o treinamento seja customizado de acordo com a demanda do cliente. Primeiramente, deve-se identifica ar competência-alvo a ser desenvolvida no negócio, para depois ser definido um conceito criativo para o projeto. Apenas em seguida é entregue a experiência de treinamento, e finalmente a empresa recebe um relatório técnico com os pontos observados pelos facilitadores durante a experiência e as principais lições aprendidas. "Apenas dessa forma, os resultados estarão alinhados às necessidades do negócio", enfatiza.

 

Palavras-chave: | Kinross | Marcos Cangussu | André Luiz Dametto | Andressa Cabral | aprendizagem | engajamento |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (0)
Ainda não há comentários.

Seja o primeiro, clique no ícone disponível logo acima e faça seus comentários.
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.