O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






18/09/2015
RH » Notícia Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Mais Emprego abre 189 mil vagas desde agosto

O Portal Mais Emprego do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), disponibilizou de 1º de agosto a 10 de setembro, 189.651 vagas de emprego. O estado com maior número de postos de trabalho abertos foi São Paulo, com oferta de 61.232 empregos. No estado do Paraná, em segundo lugar, foram ofertadas 21.613 vagas. O Rio de Janeiro em terceiro, disponibilizou 12.316 postos de trabalho.

Os três estados ofereceram também a maior quantidade de vagas para o setor de serviços, sendo 40.341 em São Paulo, 5.858 no Rio de Janeiro e 7.515 no Paraná. Hoje no sistema, são 44.180 vagas disponíveis aos trabalhadores.

De janeiro a setembro deste ano já foram ofertadas 1.278.500 vagas em todas as unidades da federação. O setor de Serviços foi o que mais ofereceu vagas de emprego. De janeiro a agosto foram 611.046 postos de trabalho, seguido do Comércio, com 267.410 e Agropecuária, com 243.295. Nestes setores, estão disponíveis no Portal 17.130 mil vagas em serviços, 10.693 na agropecuária e 8.284 no comércio.

No período, o estado de São Paulo concentrou a maior quantidade de oportunidades de trabalho, com 436.807 mil vagas abertas, tendo no momento 11.570mil oportunidades disponíveis. O Paraná, segundo maior estado com vagas do portal, possui hoje 6.566mil, tendo durante o ano disponibilizado 175.273 mil vagas de emprego.

O Portal é um serviço gratuito e permite que o próprio cidadão, seja trabalhador ou empregador, possa encontrar informações sobre emprego, oportunidades, dentre outras informações. Para se candidatar, basta acessar a plataforma digital em http://maisemprego.mte.gov.br/ ou por meio da página do MTE.

Mais eficiência - O Portal Mais Emprego também reúne em um único banco de dados as informações de trabalhadores e vagas disponibilizadas nas agências de emprego do Sistema Nacional de Emprego (SINE), em âmbito nacional. O trabalhador pode pesquisar e se candidatar às vagas sem precisar sair de casa ou depender de um intermediário. O sistema também oferece informações sobre o andamento do seguro-desemprego, qualificação profissional e abono salarial.

Com mais segurança, o empregador pode enviar os requerimentos de seguro-desemprego dos seus funcionários, além de ofertar vagas, consultar currículos disponíveis, enviar demandas de qualificação profissional e repassar os dados do Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged).


FONTE: Assessoria de Imprensa/MTE

 

Palavras-chave: | MTE | Caged | desemprego |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (0)
Ainda não há comentários.

Seja o primeiro, clique no ícone disponível logo acima e faça seus comentários.
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.