O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
3ª Jornada Virtual de Liderança - 2014
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






19/10/2009
RH » Grupos » Dicas Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Estimule o espírito de equipe

Por Patrícia Bispo para o RH.com.br

Muitas vezes, o baixo desempenho está diretamente relacionado à falta de entrosamento entre os colaboradores. Vários são os fatores que podem levar a essa situação como, por exemplo, falta de motivação, ausência de uma liderança eficaz, programas de qualidade de vida que não se enquadra às necessidades dos profissionais e outro muito comum - as empresas deixam de estimular o espírito de equipe junto aos seus profissionais. Abaixo, algumas sugestões para que sua equipe torne-se mais coesa e apresente uma performance que atenda às expectativas do negócio da organização.

1 - Toda vez que um colaborador novo ingressar na sua equipe, logo no primeiro dia, dedique alguns minutos do expediente para apresentá-lo aos demais colegas e dê boas-vindas. Isso fará com o recém-chegado não se sinta um "peixe fora d'água'.

2 - O líder precisa ficar atento ao comportamento dos seus liderados e analisar como vai o entrosamento entre os membros da equipe. É claro que haverá pessoas que terão uma identificação mais acentuada com algum colega, mas isso não deve influenciar quando as atividades exigir a participação de todos ou de boa parte da equipe.

3 - Lembre que grupo não é sinônimo de pessoas. Contar com um grupo significa que as pessoas ocupam apenas um mesmo espaço físico diariamente. Já em uma equipe é notório o espírito de camaradagem e de sinergia entre os colaboradores.

4 - Promova reuniões periódicas com todos os membros da equipe. Isso significa que cada um tem um papel importante no andamento das atividades: a secretária que atende as ligações e registra os recados; o rapaz que tira cópias de documentos e agiliza o andamento dos trabalhos e os demais profissionais que participam de atividades estratégicas. Todos são importantes!

5 - Na responsabilidade de líder, sempre que chegar aquele momento de dar uma "paradinha" para o famoso cafezinho, aproveite o momento para conversar com quem está ao seu lado. Pergunte como foi o final de semana, se a pessoa assistiu ao futebol ou a um bom filme. A humanização no ambiente de trabalho é revelada através de pequenas ações.

6 - Durante as reuniões com os membros da equipe, deixe um espaço reservado para que as pessoas façam considerações sobre assuntos pertinentes ao trabalho. Todas têm algo a acrescentar. Nesses momentos, ideias valiosas que agreguem valor ao negócio.

7 - Se possível, crie um quadro de avisos para o seu departamento. Nesse espaço de comunicação interna, divulgue informações relacionadas à empresa e também notícias que envolvam os membros da sua equipe. Não custa divulgar a data de aniversário dos colaboradores, a informação de que um colega realiza um trabalho voluntário, que durante o final de semana os colegas se reuniram para participar de um campeonato de futebol e conquistaram uma boa colocação. Certamente, essas notícias descontraem o ambiente e aproximam as pessoas.

8 - Em momentos comemorativos da empresa, onde os profissionais tenham a oportunidade de estarem reunidos, se a ocasião permitir, promova alguma atividade descontraída como uma gincana ou um campeonato, por exemplo.

9 - Caso a empresa em que você atua realiza pesquisa de clima organizacional periódica, fique atento aos resultados que indicam como os profissionais manifestam-se em relação ao indicador "espírito de equipe" ou "camaradagem". Se o indicador seja negativo, como gestor é preciso realizar uma ação estratégica para identificar a raiz do problema.

10 - Lembre-se de um detalhe importantíssimo: a boa comunicação entre o líder e seus liderados é o primeiro passo, para que o espírito de equipe seja fortalecido a cada dia. Esse trabalho precisa ser contínuo e não esporádico.

Palavras-chave: | equipe |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (1)
Gerson França em 21/10/2009:
Belas dicas. Realmente, são pequenas atitudes que fazem a grande diferença, uma simples conversa por exemplo. O grande problemas é quando surge conflitos e diferenças entre as pessoas de uma equipe, que na verdade passa a ser "grupo". O que fazer nessas situações? Como adminstrar conflitos? Aumentar a sinergia entre as pessoas de uma mesma organização? Gostaria de ler algo sobre este tema. Uma ótima tarde à todos!

 
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

3ª Jornada Virtual de Recursos Humanos

Programa de Autodesenvolvimento



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.