O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Participe do 8º Congresso de RH pela Internet.
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






14/12/2010
RH » Liderança » Artigo Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

O processo de construção de liderança

Por Jerônimo Mendes para o RH.com.br

Existem centenas ou talvez milhares de livros que tratam da liderança sob diferentes pontos de vista, exemplos e pesquisas realizadas com executivos das maiores empresas do mundo. Isso é bom e ao mesmo tempo pode provocar uma verdadeira confusão na cabeça de quem ainda não aprendeu a lidar com aquilo que os psicanalistas chamam de filtros da consciência, os quais são responsáveis pelo nosso julgamento em relação a uma determinada percepção.

O fato é que quando você aceita um cargo de liderança, por imposição ou mesmo por merecimento, você aceita também os prós e os contras dessa imensa responsabilidade perante os que estão acima e abaixo de você. Portanto, aspirar ao cargo imaginando que salário, poder e status são as coisas mais importantes a partir desse momento representa a sutil diferença entre o fracasso e o sucesso de boa parte dos destemidos que se julgam aptos para o cargo e acabam "quebrando a cara" em menos tempo do que imaginam.

Na maioria dos livros, cada autor apresenta sua fórmula mágica ou uma receita que, dependendo do esforço do leitor, seja ele um executivo sênior ou um aspirante ao cargo de líder, pode proporcionar um razoável nível de desempenho desde que isso esteja associado a uma sequência lógica de ações, questionamentos e mudança de hábitos.

Em relação ao processo de construção da liderança, não consigo imaginar que uma empresa, seja qual for o tamanho, tenha de imediato o líder certo para a área certa e a equipe certa. Por mais experiente que seja o profissional escolhido para o cargo, cada desafio exigirá dele uma reavaliação sobre a própria forma de pensar e agir considerando que a liderança é situacional e depende de inúmeros fatores para obter o sucesso.

Em geral, a construção da liderança é um processo ignorado pela maioria das organizações, principalmente quando se sabe que nem ninguém nasce líder, nem todos os líderes levam a resultados e nem todos os que chegam ao topo são líderes. Para não incorrer no mesmo erro e se tornar um líder por excelência, você deve procurar compreender etapa por etapa do processo.

Autoavaliação: você está pronto para ser líder? Possui competências ou habilidades básicas necessárias para o bom desempenho do cargo? Conhece as atividades relacionadas ao cargo em questão? Conhece as suas principais deficiências? Sabe pensar estrategicamente ou ainda está muito ligado ao operacional?
Internalização: você estudou as características básicas de um líder? Analisou os atributos de um líder de alto desempenho, mapeou suas competências, conhece seus pontos fortes e sabe exatamente quais os pontos fracos a serem trabalhados? Você está pronto para iniciar o processo de aprendizado da liderança?
Mudança de hábito: de posse do conhecimento das características, competências e habilidades imprescindíveis para assumir tamanha responsabilidade, você está disposto a imprimir o esforço necessário para mudar a sua forma de pensar e agir perante seu novo chefe, sua nova equipe, seus novos pares e concorrentes?
Maturidade: você entende, finalmente, que a liderança é um processo constante de aprendizado, portanto, além de suportar a pressão pela conquista de resultados cada vez melhores, precisa renovar-se dia a dia para manter a posição sem abrir mão dos seus princípios?

Os lucros saudáveis são essenciais porque constituem o combustível imprescindível para o sucesso dos negócios, entretanto, o lucro não deve vir em primeiro lugar. Os lucros são o subproduto de um negócio bem administrado que passa, inevitavelmente, pela liderança bem fundamentada em todos os níveis hierárquicos da organização.

Conquistar um cargo de liderança é fácil. Manter-se íntegro sob pressão depende de um processo longo e doloroso de construção da liderança baseada em princípios e valores sólidos que transcendem a figura do próprio líder. Pense nisso e seja feliz!

Palavras-chave: | estilo de liderança | equipe |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (2)
ricardo em 07/01/2011:
Estou participando de um processo seletivo para um cargo de liderança em minha empresa. Li o texto e vi, o universso que uma posição de lider requer, concordo com seu texto mas vou encarar, espero ter sucesso e parabéns pelo texto.

OFIR QUIREZA em 02/01/2011:
Olá, Pessoal. Este texto é excelente, reflexivo e tem um poder de mudança intrinseco, pois o verdadeiro líder é situacional e sabe educar e recuar quando necessário, sem vaidade e mágoa. Tem que ter muita fé e autoconfiança. Feliz 2011

 
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Seminários RH.com.br

8º ConviRH



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.