O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






19/10/2011
RH » Liderança » Dicas Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Por que os líderes também precisam quebrar paradigmas?

Por Patrícia Bispo para o RH.com.br

Quando se busca um profissional para compor uma equipe, uma das competências comportamentais que mais as lideranças valorizam é a capacidade do colaborador em se adaptar aos inevitáveis processos de inovação que se estabelecem, diariamente, no ambiente corporativa. E é notório que nem todas as pessoas estão prontas para enfrentar essa realidade com naturalidade. Afinal, lidar com o "novo" faz com que a maioria precise vencer barreiras e sair da conhecida zona de conforto. Por outro lado, o que alguns gestores esquecem é de que assim como os seus liderados, eles também precisam quebrar paradigmas. Confira abaixo 10 razões para as lideranças "quebrarem" conceitos que se encontram enraizados em sua bagagem comportamental.

1 - Um líder que deseja contar com uma equipe apta a vencer desafios, deve estar apto a superar obstáculos e a encarar as mudanças um processo natural. Ou seja, ele precisa ser o primeiro a se dispor a quebrar paradigmas e servir de exemplo para os demais profissionais da sua equipe. Quem dá o exemplo, consegue ótimos argumentos para convencer os demais a seguirem caminhos semelhantes.

2 - Por mais experiente e reconhecido que seja o profissional ele nunca será o detentor da verdade e deve ter consciência disso. Quando uma liderança necessitar de ajuda, não existe vergonha alguma em trocar ideias com algum membro de sua equipe. Pelo contrário, recorrer a uma fonte segura é sinal de maturidade e de profissionalismo.

3 - Da mesma forma que o líder pode aprender com o liderado, ele não deve se negar à oportunidade repassar ou trocar conhecimento com outros profissionais. Há quem acredite que a troca de experiência é sinônimo de perigo à sua colocação, mas esquece que em algum momento será preciso delegar atividades a terceiros e isso, consequentemente, pode garantir-lhe um bom desempenho.

4 - Quem está pronto a quebrar paradigmas também estimula seu potencial criativo. De uma forma grotesca, podemos afirmar que as pessoas que se negam à inovação, por exemplo, se fecha dentro de uma ostra e não vivencia situações que podem agregar diferenciais tanto à vida profissional quanto pessoal.

5 - Aceitar o diverso não é algo fácil, mas também não significa que isso levará o profissional a anular seu ponto de vista diante de terceiros. Lideranças mais experientes devem considerar os novos talentos como uma rica chance de assimilar e compreender outras gerações que chegam ao mercado. Esse aprendizado certamente será útil no dia a dia da empresa como também no convívio junto à família e aos amigos.

6 - Um dos paradigmas mais difíceis de serem vencidos pelos gestores, é o fato de que a presença indispensável no dia a dia da equipe. O líder é um ser humano e como qualquer outra pessoa, ele pode precisar afastar-se da empresas por motivos de ordem pessoal ou simplesmente porque necessita aproveitar seu merecido período de férias e recarregar as "baterias". O receio de se ausentar temporariamente do ambiente de trabalho, para muitos, torna-se um momento de angústia e de estresse que pode até mesmo comprometer a saúde.

7 - Já que pontuamos a questão saúde, o ser humano não é uma máquina constituída por peças que se encontram em uma prateleira. Fazer um check-up é sinal de bom senso e evitar problemas futuros que podem ser evitados através de mudanças de comportamento como, por exemplo, respeitar os horários de alimentação ou garantir uma boa noite de sono.

8 - Se sou líder, tenho que ser o primeiro a chegar e o último a sair da empresa. Esse velho e lamentável pensamento pode ter uma conotação bem diferenciada para os líderes que encontram "tempo" para realizem cursos e estarem em constante processo de aprendizado. Além de agregarem novas competências para o currículo, o gestor que se dispõe ao aprendizado tem a oportunidade de levar experiências/soluções eficazes e diferenciadas para a empresa em que atua.

9 - Qualquer profissional que se mostra pronto a vencer paradigmas está mais predisposto a vencer medos, inclusive no campo profissional. Inúmeras são as pessoas acreditam que falar em público é apenas um privilégio para poucos, mas não imaginam que grandes oradores já enfrentaram a timidez e trabalharam exaustivamente a dicção para vencer o desafio de ficarem frente a frente com uma grande plateia.

10 - Acreditar que uma decisão sua nunca deve ser reavaliada é um obstáculo que já fez e fará vários gestores perderem espaço nas empresas e a credibilidade diante da própria equipe. Durante um momento de pressão, por exemplo, é necessário adotar uma ação rápida para evitar que um fato tome proporções que levem o setor ou a empresa a enfrentar consequências desagradáveis e desnecessárias. No entanto, quando a "poeira abaixa", a liderança tem a oportunidade de repensar o fato e, com tranquilidade, encontrar uma alternativa mais eficaz para solucionar aquele problema.

 

Palavras-chave: | estilo de liderança | paradigma | competência | inovação |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (1)
Paulo Leonardo em 20/10/2011:
Perfeito! Estou vivenciando e praticando o assunto em questão e o resultado está sendo maravilhoso. Em especial, a questão dividir conhecimento deve ser diretamente relacionada a sua procura por novos conhecimentos e melhorias para empresa. Pois por melhor que o "seu setor" funcione você será substituido se ficar acomodado com o nivel de qualidade que implantou no setor e em seus colaboradores. Isto aconteceu comigo e mudou minha vida profissional, para melhor é claro. Adorei a matéria!

PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.