O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






06/08/2007
RH » Motivação » Artigo Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Como alcançar sucesso organizacional

Por Sam Cyrous para o RH.com.br

Quando se inicia em um novo trabalho, se começa a almeja o sucesso. Mas a questão fundamental é definir essa palavra que, amiúde, utilizamos. O que é o sucesso? O sucesso parece ser aquele fator “X” que ninguém consegue explicar: uma mescla das capacidades do sujeito com os seus valores, as suas percepções do ambiente e das oportunidades das mais diversas situações.

Atkinson (1964), por exemplo, afirma que se uma ação for tida como bem-sucedida, haverá uma tendência natural para que da próxima vez a probabilidade de sucesso seja maior para as ações similares, aumentando assim a própria motivação do sujeito. Desta forma, o sucesso e a motivação interrelacionam-se num processo que pode levar à ilusão de que tudo pode acontecer ou à realidade analítica para alcançar os objectivos. Para isso, é necessário que o impulso e a vontade de agir convertam-se em ação, sempre que a situação seja propícia a tal! Para Mischel (1968) a situação possui um papel central no comportamento dos indivíduos. Em outras palavras, o comportamento depende sempre dos fatores inerentes à situação e à forma como o indivíduo os interpreta.

Assim sendo, para que seja possível alcançar sucesso é necessário a articulação de três fatores fundamentais: a motivação para o sucesso, um ambiente que propicie o sucesso e uma conexão com a realidade. Em outras palavras, é necessário que as pessoas acreditem que é possível chegar aonde querem chegar (é papel fundamental dos líderes conhecerem a organização de tal forma que facilitem regras implícitas e explícitas positivas, confiança nos colaboradores e nas suas potencialidades, e um clima organizacional que favoreça a inovação, a aprendizagem e o progresso sustentável) e estar num mercado cujas necessidades conheçam e entendam bem.

É por isso que McClelland define o sucesso como a motivação para melhorar e fazer melhor. Em 1989, o autor definia as características da motivação para o sucesso:
* procurar sucesso perante normas de excelência pessoal;
* aspirar e alcançar metas elevadas, mas realistas;
* responder positivamente à competição;
* tomar iniciativa;
* preferir tarefas cujos resultados impliquem responsabilidade pessoal;
* assumir riscos moderados.

O que muitas vezes sucede é que, na procura desse fator “X” que é o sucesso, as empresas e as pessoas à frente delas alienam-se na procura do poder, não compreendendo que o poder é apenas o meio para o sucesso e não o sucesso em si. Ser portador de poder não é ser portador de sucesso! Quantas pessoas não eram poderosas e sucumbiram ao esquecimento coletivo pela ausência da capacidade de ver para além de si mesmas? Quantas empresas não tiveram as suas portas fechadas pela ausência da capacidade de lançar no momento correto ou dar melhor forma aos seus produtos no mercado, onde haviam estabelecido-se?

O sucesso de uma organização passa necessariamente pela visão articulada do seu interior com o seu exterior, através da gestão de bens e produtos, das pessoas e dos colaboradores. É por isso que o departamento de Recursos Humanos é cada vez mais solicitado pelas grandes organizações:

As pessoas formam a essência de uma organização. Sem ao menos a existência de uma pessoa não haverá empresa, não existe nada mais importante para uma organização do que seu quadro pessoal. Mesmo que não seja com técnicas, mas num aspeto leigo, uma organização só funciona bem se souber utilizar com competência seus funcionários (Holthausen, 2005).

Ao estarem atentos ao que cada pessoa pretende oferecer e receber da organização da qual faz parte, os líderes poderão gerir melhor as potencialidades do seu pessoal, poderão entender melhor as causas das altas percentagens de depressões, compreender como converter a calma de um funcionário em prudência corporativa ou a hiperatividade de outro em capacidade de produção.

Este é o papel da formação de pessoal para o sucesso e a liderança. Conhecendo as estratégias adequadas, os líderes poderão colaborar com o pessoal para que eles se sintam motivados a agir. Com o treino humano adequado, os colaboradores poderão ajudar os líderes a levar as suas empresas ao topo do mercado, para aquele “X” que se chama sucesso!

Palavras-chave: | motivação | sucesso |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (0)
Ainda não há comentários.

Seja o primeiro, clique no ícone disponível logo acima e faça seus comentários.
 
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Seminários RH.com.br

Contagem Regressiva



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.