O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Inscreva-se para a 2ª turma da Jornada de Liderança.
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






06/04/2010
RH » Mudança » Artigo Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Você sabe aonde quer chegar?

Por José Roberto Marques para o RH.com.br

Quantas vezes escutamos as pessoas falarem que os outros têm "sorte na vida" e que para elas tudo é difícil. Colocam a culpa na crise mundial, na falta de oportunidade, no chefe mal humorado, nos cônjuges, na infância pobre, enfim, colocam a culpa em alguma situação ou indivíduo. Parece mais eficiente colocar as circunstâncias da própria vida na mão do outro, mas na realidade não é isso que ocorre. Se você não sabe aonde quer chegar, qualquer lugar serve. Tomar consciência e responsabilidade pela própria vida é o primeiro passo para atingir metas e objetivos.

A atitude de lamentação é típica do ser humano, mas somos capazes de mudarmos nossos paradigmas. O escritor Dr. Spencer Johnson, do best-seller "Quem Mexeu no Meu Queijo?", descreve três atitudes diferentes das pessoas: o flexível que percebe antecipadamente que a crise vai chegar; a pessoa que espera a crise para ver o que vai fazer; a pessoa que leva um tombo e fica se lamentado e culpando a vida.

O que você decide para você? Já sabe aonde quer chegar? O que está fazendo para conquistar seus sonhos? Busque ter objetivos e um plano de ação, pois isso trará motivação para fazer diferente, para ir além, para alçar voos antes nunca imaginados. Metas nos impulsionam, dão sentido e direções para nossas vidas. E se lembre, sempre: metas desafiantes criam o medo do fracasso. Ausência de metas garante o fracasso.

As pesquisas mostram que menos de 3% da população têm metas específicas, pessoais ou profissionais e aproximadamente 1% da população coloca sua meta no papel. Pessoas não planejam e falham, elas simplesmente não planejam! Saia da sua zona de conforto no trabalho, no lar, na vida social. Vá à busca de seus objetivos e se você não tem um, comece agora a ter, onde você quer estar daqui a seis meses e um ano?

O coaching auxilia na quebra de paradigmas, trabalha metas, planejamentos, conquistas e, principalmente, a força e a diferença que faz um objetivo definido. O coaching traz como consequência, a qualidade de vida, porque você passa a administrar melhor seu tempo, saberá aonde quer chegar e não ficará dando volta.

Se pegarmos cases de pessoas de sucesso, todas sabem aonde querem chegar e qual caminho seguir e elas buscam a ajuda de um profissional para ratificar o que querem.
Havia um camponês que criou um filhote de águia num galinheiro. A mesma cresceu e acabou aprendendo apenas ‘coisas' de galinha, pois acreditava que era uma. Até que um dia chegou um naturalista e disse para o camponês: - Este pássaro é uma águia e tem que voar.

O camponês falou que ela não sabia fazer nada que um pássaro faz e sempre viveu ciscando e comendo milho. O naturalista não satisfeito com a forma que a águia foi criada fez com que ela aprendesse a voar. Foi difícil, pois ela olhava para as galinhas e a princípio, não se deixava voar. Mas, o naturalista não desistiu e um dia do alto de uma montanha "jogou" a "águia galinha" para um voo no início muito difícil. Contudo, depois de diversas tentativas, a águia percebeu quais eram o seu verdadeiro talento e sua missão de vida, voando até ser confundida com o azul do céu.

Esta fábula foi publicada no livro do teólogo Leonardo Boff, em "A Águia e a Galinha", e é uma metáfora com a condição humana. Portanto, todos nós temos grandes habilidades e podemos chegar aonde quisermos, basta mudar os paradigmas.

O camponês fez o papel de coach - treinador - para a águia e ela acabou vendo que tinha talentos que não conhecia. Quais são as suas metas para a nova década que chegou? Você quer continuar com os velhos paradigmas ou já percebeu que eles não te levaram a lugar algum?
Faça igual à águia, perceba qual seu verdadeiro talento e alce voos altos!

 

Palavras-chave: | inovação | zona de conforto |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (3)
Lissandra Brito em 19/04/2010:
Esse artigo deveria ser bradado aos quatro cantos do mundo para acordar a maioria da população que se encontra "dormindo" em diversos setores de suas vidas! Muito bom.

Elio em 16/04/2010:
Parabéns pelo artigo. Expressa muito bem a necessidade de um "empurrão" nos que se deixam levar pelo comodismo, pois essa pessoa tem potencial, porém se deixa enganar como a águia no galinheiro.

Rafael em 06/04/2010:
Acredito que o medo muitas vezes domina o ser humano, mas quando ele cair do alto da montanha terá que aprender a voar e muitas vezes poderá ser tarde de mais. As pessoas precisam acordar e aprender a planejar o seus trajetos de vida, criar metas e buscá-las que com certeza irá alcançá-las!!!

 
PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

3ª Jornada Virtual de Recursos Humanos

Programa de Autodesenvolvimento



RH.com.br no Twitter


PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.