O site de referência sobre Gestão de Pessoas.
Conheça os cursos online e os eventos virtuais do RH.com.br
Pesquisar
« Pesquisa Avançada »






14/10/2011
RH » Mudança » Artigo Enviar Comentar Compartilhar Imprimir

Tudo muda, inclusive você!

Por Evaldo Costa para o RH.com.br

Você concorda que o mundo é dinâmico e tudo em nossas vidas transforma-se o tempo todo? Concorda que o cliente está a cada dia melhor informado e mais exigente? Que os preços estão mais competitivos e que a qualidade dos produtos está na linha do nivelamento? Você concorda, ainda, que o bom atendimento e a otimização da prestação de serviços são importantes diferenciais competitivos?

Se você respondeu afirmativamente a pelo menos uma das questões acima, deve estar ciente de que também, independente da situação em que se encontra, precisa mudar. Afinal de contas, admitamos ou não, "a nossa vida é como se fosse um rio, onde a água que corre em seu leito nunca mais será a mesma".

Daí, volto a lhe perguntar: o quanto você mudou no último ano? As inovações em sua vida foram voluntárias ou circunstanciais? Você tem consciência da importância da mudança voluntária para elevar a sua autoestima e triunfar?

Pois, saiba que diante da certeza de que tudo muda, vence mais rápido aquele que for capaz de provocar mudanças em si, traçando e cumprindo as suas próprias metas. Caso contrário, estará à deriva e à mercê dos ventos das transformações, sem saber se haverá porto seguro para atracar. Além disso, não se deve esquecer os ricos ensinamentos do psicólogo Abraham Maslow ao afirmar: "Se você está pretendendo ser qualquer coisa aquém do que é capaz, provavelmente será infeliz pelo resto da vida".

Ainda vale ressaltar: aquele que não quer mudar por achar, por exemplo, que a vida está boa, corre o risco de descer alguns degraus na escada do sucesso, pois como tudo evolui, ficar onde está significa distanciar-se, cada dia mais, do topo. Podemos comparar a nossa evolução como a tentativa de subir uma escada rolante que só desce. Assim, se pararmos, ela nos leva para baixo.

Mas, se eu sou um profissional de vendas, como devo agir para me preparar adequadamente para as mudanças? Há muitas formas. Porém seguir os passos abaixo poderá contribuir bastante para qualquer pessoa que busque evolução.

- Reserve uma hora diária para rever suas metas. Aprenda com o que está funcionando e ajuste o que não estiver indo muito bem.
- Recorra à comodidade e às ferramentas do celular, para fazer negócios e manter bons relacionamentos.
- Utilize a internet e seus aplicativos para contatar, prospectar, vender e fidelizar clientes.
- Não fique fora das mídias sociais, pois elas podem ser muito úteis em sua trajetória profissional rumo ao topo.
- Invista em sua educação. Leia bons livros, faça cursos, pesquise na internet, frequente treinamentos e conferências.
- Peça aos seus clientes para ajudá-lo a superar as suas metas. Se eles se recusarem a contribuir, você saberá que não está fazendo o "dever de casa" como deveria, e se eles ajudarem, você vencerá mais rápido. Qualquer que seja a situação, você só tem a ganhar.

Saiba que seguir os passos acima pode não garantir o seu sucesso, mas ignorá-los será prejuízo na certa, afinal de contas é como disse Paul Tagliabue: "O futuro não acontece - é moldado por decisões".

Pense nisso, ótima semana e que Deus nos abençoe!

 

Palavras-chave: | inovação | talento | meta |

  • O que você achou? Avalie:
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Enviar Comentar Compartilhar Imprimir
CONTEÚDO RELACIONADO
COMENTÁRIOS (2)
iracilda portella em 23/10/2011:
Conteúdo muito bom para ser usado por nós e pelas pessoas pelas quais somos responsáveis por seu crescimento. Utilizarei como leitura e discussão em sala de aula e com a equipe de vendas do NUDEP. Obrigada pela colaboração. Continue escrevendo.

Otacílio Cordeiro da Silva em 14/10/2011:
Boa noite, Evaldo! Muito bom seu artigo. Há sempre algumas coisinhas que a gente não consegue se lembrar. Além do mais, hoje em dia parece que nada mais é ficção, tudo é real mesmo. Quando alguém fala, melhor ouví-lo, ou talvez pagar o preço do arrependimento.

PUBLICIDADE
Produtos RH.com.br

+ lidas
+ comentadas
+ enviadas
+ recentes
Produtos RH.com.br

Curso Online do RH.com.br

Curso Online do RH.com.br



PUBLICIDADE
Os textos publicados não representam, necessariamente, a opinião dos responsáveis pelo site RH.com.br. Confira o nosso Termo de Responsabilidade.
Todos os direitos reservados. É expressamente proibida qualquer reprodução.